sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Encontro as cegas com um livro.



               No último dia 11/09 saímos para um lanche, conversas, livros e comidas deliciosas. 
As tripulantes do passeio: Mamãe, Dindinha, Dona Célia e eu.
Estávamos na livraria Nobel do shopping Bouganvile. Vimos vários livros, gostamos de várias coisas (como não gostar?), mas de repente em nossa frente havia algo novo: 





Esse algo novo era super misterioso e dizia para não escolher o livro pela capa e sim apenas pela sinopse que ali estava. Pois bem, resolvi me envolver nesse encanto e procurar algo que me interessasse. 


Não teve jeito... essa princesa cacheada me encantou. O que a Dindinha escolheu: 


Um dos momentos de grande interesse foi na hora de abrir o livro. Descobrir qual era seu nome, sua capa... definitivamente conhecer a sua história. 


Resolvemos abrir nossos livros quando chegássemos na confeitaria. Depois de escolhermos nossos lanches. Estava na hora... hora de saber qual foi o livro que nos impressionara tanto. 


O meu escolhido foi esse: 



E este é o Livro que a Dindinha escolheu. 

Nossa tarde nesse dia foi ótima. Não vejo a hora de termos um novo encontro. 

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Segundo dia no Rio de Janeiro


Na manhã do segundo dia em Copacabana a Mone saiu cedo para comprar pão quentinho no supermercado enquanto eu e a Nikolle ficamos nos arrumando para passear pela cidade. O café foi uma delícia e nos ajudou bastante, pois não sabíamos que iríamos almoçar só as 15:30 (um santo subway).


Resolvemos então testar o aplicativo do Itaú para aluguel de bicicletas (BikeRio) é um projeto maravilhoso onde pagamos R$ 5,00 reais por dia ou R$ 10,00 reais por mês para usar a bicicleta de hora em hora com intervalos de 15 min. Amei como os cariocas respeitam os ciclistas e como eles dão prioridade a vida saudável. Pegamos a bicicleta em Copacabana e a devolvemos no Arpoador onde decidimos tirar algumas fotos
Garota propaganda Itaú. 
Garotas propaganda Havainas.
Tom Jobim.






  De lá caminhamos por Ipanema e procuramos os outros pontos de retirada de bicicleta. Infelizmente demoramos bastante para achar e quando achamos não tinha bicicleta suficiente para as três. O jeito então foi andar até a Lagoa Rodrigo de Freitas a pé. As ruas são bem arborizadas e muito lindas. 
Caminhando para a Lagoa.
Depois de muito andar na lagoa e de não sabermos o caminho certo para o Jardim Botânico pedimos informação sobre o caminho. Esse foi o grade erro do dia. A moça que nos ensinou o caminho... nos fudeu kkkk mandou que fossemos para o caminho totalmente ao contrário :( Quando já desistíamos da vida e já estávamos estressadas resolvemos pegar um taxi para nos levar até lá e nos acalmar no caminho.

Dentro do amado taxi.











 O Jardim Botânico é deslumbrante. A entrada custou R$ 9,00 reais. Tudo organizado, limpo, calmo e com várias pessoas tirando fotos. Principalmente grávidas e futuros casados.
 De lá pegamos nossas bicicletas e percorremos o caminho que o taxi fez de volta para a  Lagoa. Lá tiramos mais algumas fotos e partimos para Ipanema onde queríamos almoçar e quem sabe pegar uma praia. Infelizmente passamos mais raiva ainda. Não conseguíamos devolver as bicicletas pois os postos de devolução que conhecíamos estavam todos lotados. Rodamos mais de uma hora tentando achar um local quando finalmente uma boa alma disse o local correto. Finalmente devolvemos as bicicletas. Estávamos morrendo de fome e muito cansadas. Comemos no subway e depois fomos para a praia. Já estava tarde e o Otávio já estava perto de chegar, por isso não ficamos nada por lá.
Últimos instantes de felicidade com a bike.

 Depois de tanto trauma com as bicicletas resolvemos voltar para casa a pé. Acredite andamos do posto 9 de Ipanema até nossa casinha em Copacabana (iaiaiaiaiaia não quero nem lembrar). No caminho fomos paradas por um comediante chamado Fabio Kkostta que gravou um vídeo com nossa participação.


Olha quem encontramos por lá Carlos Drummond de Andrade.


Chegamos em casa  nos arrumamos e esperamos o Otávio chegar. Fomos na feira artesanal que tem na orla de Copacabana e depois fomos jantar em um Pizzaria que ficava na Av. Nossa Senhora de Copacabana.

Entrada da pizzaria.
Voltamos para casa e como eu estava muito cansada não demorei nada para dormir.

Relatos dos próximos dias em outro post.
Grande beijo


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Primeiros momentos da viagem

Saí da rodoviária de Goiânia as 14:04 com frio na barriga e prestando muita atenção na paisagem. Durante a viagem masquei bastante chiclete, comi bolachas, liguei do orelhão para casa, ouvi muita música até meu palm top acabar a mísera bateria dele :(  li bastante.... claro que seria Harry Potter <3 hahahaha. Parávamos para ir ao banheiro em média de 2 a 3 horas e geralmente ficávamos 15 min, apenas na hora do jantar é que ganhamos 30 min a duração das paradas depende de quão atrasados estamos para cumprir o horário da chegada.                                                                                                     

 Passei muito frio durante a madrugada :( a burrinha aqui não pegou coberta alguma e o ar condicionado junto com a temperatura fora do bus (13 graus C) me fizeram passar maus bocados.

Cheguei na rodoviária do Rio de Janeiro às 11:40 morrendo de medo de tudo que o povo disse sobre os perigos de lá. Não pensei duas vezes e pedi um taxi ali mesmo. Outro grande erro da vida hahahahaha pagando um taxi com corrida fechada gastei R$65,00 (aiaiaiaiaiaia meu bolso) quando mencionei Copacabana.
 Passando pelo sambodromo. 
Primeira visão do Cristo Redentor <3
      




Cheguei na portaria do prédio: Araujo Jorge número 502 Rua Barata Ribeiro falei: "Apartamento 818 por favor" depois de muitos enganos entrei no flat já muito conhecido por fotos, mas nada parecido com a realidade que se apresentava ali kkkkkkk
                           
Nossa primeira foto juntas no flat 
 Nossa casa quase nada tinha então depois de muita conversa fizemos uma lista de compras e saímos para almoçar, desbravar e fazer compras. Primeiro comemos em uma lanchonete na esquina da nossa rua. De lá fomos para a praia observar o mar, musculosos da areia e conhecer a água congelante do mar. Com os pés pregados de areia e depois de muitas fotos fomos para as Lojas Americanas e para o supermercado Plix (pelo que me lembro esse é o nome)
Ótimas companheiras de viagem.

Alô alô Rio de Janeiro aquele abraço.
 
Qual é melhor?
Selfie nas compras :)

 Voltamos para casa e fomos descansar. Depois daquele banho maravilhoso hora de deitar ver novela hahahaha e mandar as fotos do dia para a família que estava ansiosa em ter notícias. Nikolle dormiu como um anjo e não acordava por nada. Eu e a Mone fomos fazer a janta: miojo com tomate e mussarela. Assistimos tv e fomos dormir. O resto conto em outro post. Aguardem!!!